free css templates

Educação

Laboratorio MINI PERFORMANCE  |   LABORATÓRIO 24h   |    UWAGA! - Urban Art Laboratory    |
O SIMBOLO & O FUTURO    |   EFÉMERA   |   NEBULOSA

Laboratorio MINI PERFORMANCE

MINI PERFORMANCE
LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO PARA CRIANÇAS DOS 6 AOS 12

O Laboratório de criação MINIPERFORMANCE propõe
abordar a performance enquanto possibilidade de expressão
artística para os mais novos, a partir da utilização de material
autobiográfico e do estado actual da nossa sociedade. Este
laboratório será um meio-termo entre a formação artística e a
partilha de um pensamento estético. Um meio-termo entre a
aprendizagem e a brincadeira. Um meio-termo entre o ensaio
e o improviso. Um meio-termo entre a realidade e a ficção.


Direcção artística:
DEMO (Dispositivo Experimental Multidisciplinar e Orgânico)

LABORATÓRIO 24h

Durante 24h consecutivas, a DEMO esteve com 16 participantes em processo de criação-experimentação a partir dos conteúdos da revista Orpheu 3, da vida dos seus autores e do mito em torno da sua não publicação. Abordaram-se estes conteúdos, com componentes teatrais, coreográficas, visuais, plásticas e performance.
Após 24h, o resultado foi partilhado com o público.


FICHA TÉCNICA
Direção artística e orientação do laboratório: Cheila Pereira, Cláudio Vidal e Margarida Cabral e Paula Rita Lourenço
Participantes: Ana Maria Mula, Cecília Araújo Vaz, Carolina Moreira, Daniella Lopes, Fábio Lucindo, Fernando Miguel Oliveira, Guilherme Pompeu, João Ricardo Milliet, Jorge Carvalhal, Luana Figueiredo, Nuno Roque, Railson Gomes Almeida, Raimundo, Sara Marrone, Tomas Barreto e Viviane Andrade.
Produção DEMO, TAGV, JACC e Universidade de Coimbra

Este laboratório é parte integrante da investigação para o espectáculo ORPHEU 3, uma criação DEMO em co-produção com o JACC – Jazz Ao Centro Clube e Sonoscopia – Associação Cultural, a estrear no Salão Brazil.

Laboratório no âmbito da 18ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra – O Livro | No princípio era o conhecimento

UWAGA! - Urban Art Laboratory 

O SIMBOLO & O FUTURO

O laboratório de criação O Símbolo e o Futuro corresponde à 1ª fase de investigação-criação do espectáculo HYDRA & ORPHEU (inserido no projecto INSCRIÇÃO). Trata-se de um laboratório que inclui a participação como formandos-intérpretes de alunos da Academia de Música e Bailado de Guimarães e da Licenciatura de Teatro da Universidade do Minho e que culminou com uma apresentação pública no edifício do Convívio- Associação Cultural. Este laboratório tevo por objectivo ser um espaço para investigação e experimentação prática dos criadores, de um modo aberto e partilhado com os alunos, através da exploração teórica e literária do tema Do Simbolismo ao Futurismo e Geração de Orpheu. Assim, o trabalho prático a desenvolvido com os participantes constituiu-se como elemento de recolha de dados para a criação do espectáculo, captando novos olhares e perspectivas sobre o mesmo tema.

EFÉMERA

A DEMO convida-o(a) olhar para o mundo,
através dos olhos de uma criança.

Neste espectáculo os adultos não entram em palco. Ficam do lado de fora, são público. O elenco é composto por 10 raparigas entre os 8 e os 17 anos. Portanto, trata-se de um espectáculo interpretado por crianças/adolescentes para uma audiência de adultos.

É um espectáculo onde a linha entre a ficção e a realidade vai orientando um esqueleto dramatúrgico que se compôe entre a arte da performance, o teatro e a dança. Os textos foram criados a partir de material autobiográfico das intérpretes e sobre o estado actual da nossa sociedade.

A realidade delas é, ao mesmo tempo, a nossa. Afinal, partilhamos o mesmo mundo. Um mundo em constante mutação, um mundo do aqui e agora, onde a informação flui em instantes e temos acesso às notícias globais à distância de um click. Um mundo pautado pelo fantasma de uma crise económica e onde existem pessoas más. Um mundo que é igualmente belo e a vida um milagre em si. É assim que no meio de tantas partilhas, likes e comentários, telefonemas e mensagens que, em 2014, se continua a ser na sua essência uma criança, uma adolescente, com uma identidade própria trilhando o seu caminho, opinando sobre o mundo e vivendo entre as regras dos adultos e a liberdade de ser jovem.



FICHA ARTÍSTICA
Encenação: Cheila Pereira, Cláudio Vidal e Paula Rita Lourenço
Interpretação: Beatriz Gonçalves, Constança Gonçalves, Luísa Martins, Mafalda Silva, Márcia Ribeiro,
Margarida Carneiro, Maria Inês Natal, Maria João Costa, Sofia Freitas e Matilde Lopes
Desenho de Luz: Nuno Patinho
Música: Cláudio Vidal, Elite Athlete , Floating Machine
Figurinos: Margarida Cabral
Criação: DEMO
Co-produção: DEMO & Academia de Música e Bailado de Guimarães
Apoio: A Oficina, CITAC, Casa da Juventude de Guimarães, Cineclube de Guimarães e TEUC

NEBULOSA

A música pré-existente inventou o verde, as flores e o perfume.
Agora, que os olhos do animal vêem a luz e bebem a água de sentidos paralelos, reacontece a metamorfose.
Voltamos para o ventre e renascemos nuvens de poeira, hidrogénio e plasma.

Viemos todos da mesma luz.
As 3 mulheres nasceram a seguir,
carregando homens no seu ventre.
Elas tinham o carinho na palma das mãos
e o amor percebeu-se nos seus olhos.
Caminhavam em espiral, dançavam em círculos,
tinham ciclos e luas, sangravam e eram loucas.

Com elas vieram os lobos e outros pássaros com olhos de gato,
pernas de cavalo, folhas de sobreiro e caroços de maçã.
Todos falavam a mesma língua.
A pedra já tinha começado a falar a História,
a História continuou a falar na árvore e, a falar, repetiu-se para sempre.


Produção: DEMO (Dispositivo Experimental, Multidisciplinar e Orgânico)
Direcção e encenação: Cheila Pereira, Cláudio Vidal, Margarida Cabral e Paula Rita Lourenço
Interpretação: Ana Luís Cardoso, Carolina Pereira, Catarina Castro, Catarina Silva, Cheila Pereira, Cláudio Vidal, Luísa Martins, Madalena Cruz, Mafalda Silva, Margarida Cabral, Maria João Costa, Maria João Leite, Paula Rita Lourenço, Sofia Freitas
Sonoplastia e média interactivo: João Menezes
Desenho de luz: Nuno Patinho
Cenografia: Bruno Gonçalves e Eduardo Conceição
Adereços: Margarida Cabral
Figurinos: Margarida Cabral
Vídeo e média interactivo: Tiago Ângelo
Vídeo: Flávio Cruz
Projecto financiado por: Governo de Portugal -- Secretaria de Estado da Cultura/Direcção Geral das Artes e Programa Tempos Cruzados/Constelações - Capital Europeia da Cultura -- Guimarães 2012
Em parceria com: Sociedade Martins Sarmento, Academia de Música e Bailado de Guimarães e Junta de Freguesia de Donim.